Portal do Governo Brasileiro

A 1ª Reunião Nordestina de Ciência do Solo, ocorrida no período de 22 a 26 de setembro, no município de Areia (PB), foi concluída com êxito de acordo com a avaliação da Comissão Organizadora. 

 

A adesão dos profissionais e estudantes superou as expectativas em termos de público e de qualidade dos conteúdos apresentados e discutidos: participaram mais de 500 profissionais e estudantes, foram submetidos e aceitos cerca de 430 resumos expandidos, destes pouco mais de 330 foram apresentados em formato de pôsteres, e a visita técnica contou com quase 100 participantes. 

 

O evento também contou com uma programação rica e diversificada, e com um excelente conteúdo científico, composto por duas conferências, vinte palestras, cinco minicursos, e um Simpósio. Este último tratou do tema “Academia, Sociedade e Governo, como Integrá-los para o Uso Sustentável do Solo?”, com participação de representantes dos três segmentos.

 

Além disto, também foi realizada uma visita técnica, em um trecho de aproximadamente 120 Km de rodovias federais e estaduais, abrangendo os municípios paraibanos de Areia (Brejo de Altitude), Remígio e Campina Grande (Agreste da Borborema) e Caturité (Cariri Oriental). Ao longo do percurso, foram feitas quatro paradas com o intuito de relacionar o solo e a paisagem. Destaca-se nessa viagem o caráter inédito de algumas informações sobre os solos: Latossolo com A húmico, Neossolo com A proeminente (úmbrico), Planossolo Nátrico (Caráter sódico) e Vertissolo saprolítico.

 

O evento teve como coparticipantes na sua organização a EMBRAPA Solos, o Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI) e o apoio financeiro da Capes. Além do apoio da direção do Centro de Ciências Agrárias da UFPB. 

 

Texto: Catarina Buriti (Ascom do Insa)