Portal do Governo Brasileiro

Os alunos conheceram vários projetos de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico executados na Estação Experimental do Instituto  

 

Cerca de 40 alunos dos cursos técnicos integrados de Controle Ambiental e Edificações do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB), do campus de Princesa Isabel (PB), realizaram uma visita técnica ao Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTI), em Campina Grande (PB), nesta terça-feira, dia 10 de dezembro de 2013.

 

Além de conhecerem a sede administrativa, visitaram a Estação Experimental do Insa/MCTI, localizada na fazenda Lagoa Bonita, no sítio Salgadinho, em Campina Grande (PB). Lá os alunos observaram de perto alguns dos projetos desenvolvidos pelo Insa. Visitaram uma área de reserva de Caatinga e conheceram técnicas de controle de erosão, plantio de umbu, armazenamento de água por meio de terraços e valetas e de reconhecimento de plantas nativas como a Favela, o Feijão-bravo, a Canafistula, o Iço, o Marmeleiro e a Urtiga.

 

Também aprenderam a identificar a cochonilha do carmim, uma praga da palma forrageira. E conheceram as três variedades resistentes ao inseto: a doce miúda, a baiana e a orelha de elefante.  E ainda visitaram o sistema de produção hidropônica e o cactário, e receberam explicações sobre o projeto de combate à desertificação desenvolvido pelo Insa.

 

Ao visitarem o viveiro de plantas, ganharam mudas de Aroeira, Umbu, Canafístula, Pitanga e Gliricídia para replantarem no campus de Princesa Isabel do IFPB.

 

O Instituto recebe regularmente para visitas técnicas alunos de cursos superiores e técnicos, bem como representantes de associações, cooperativas, ONGs e instituições parceiras.  Os  interessados em conhecer mais sobre o trabalho de pesquisa científica e desenvolvimento tecnológico desenvolvido em prol do Semiárido brasileiro no Insa devem agendar antecipadamente  as visitas técnicas. 

 

Texto:  Rodeildo Clemente ( Ascom do Insa)