Portal do Governo Brasileiro

Ações voltadas à pesquisa participativa para inclusão social marcaram o ano de 2013. A prioridade é consolidar estas linhas de ação e buscar novas frentes de atuação em 2014. 

 

Desde 2012 o Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), tomou a iniciativa de lançar seus relatórios anuais de atividades em linguagem e formato popularizados. O objetivo é propiciar o acesso, a compreensão e o diálogo com os diversos segmentos da sociedade, em especial com a população do Semiárido brasileiro. 

 

Intitulado Relatório de atividades 2013: Convivência com o Semiárido, compromisso e construção coletiva, a publicação apresenta à sociedade as atividades desenvolvidas pelo Insa no ano de 2013, compartilhando os resultados das ações e os compromissos assumidos.

 

Focado no cumprimento de suas funções institucionais de articulação, pesquisa e informação para o Semiárido brasileiro, socializa as atividades realizadas no campo da pesquisa, formação educacional e profissional, popularização da ciência e da produção científica, nas áreas prioritárias de Gestão da Informação e do Conhecimento voltada para o Semiárido brasileiro, Desertificação, Sistemas de Produção, Recursos Hídricos, Biodiversidade e Tecnologias Sociais.

 

Socialização dos resultados 

 

Na manhã do dia 12 de março, a direção do Insa convidou todos os servidores e colaboradores (terceirizados, bolsistas e estagiários) do Instituto, que atuam em diversos setores, para apresentação do Relatório de Atividades 2013. A finalidade foi celebrar os avanços e discutir os principais desafios a serem superados neste novo ano.

 

Durante o encontro de socialização, o diretor do Insa, Ignacio Hernán Salcedo, afirmou que o ano de 2013 foi bastante produtivo, fundamental para dar continuidade aos compromissos assumidos em 2012 e iniciar novas frentes de ação. O diretor destacou as diversas ações realizadas, tendo como principal marco a pesquisa participativa para inclusão social. A prioridade agora é consolidar estas linhas de ação e buscar novas frentes de atuação. 

 

“Continuamos no firme propósito de atuar no fortalecimento da estrutura de pesquisa e desenvolvimento tecnológico do Insa, com importantes ações já concluídas ou em andamento, e na articulação para a promoção e difusão dos conhecimentos científicos e tecnológicos”, acrescentou Salcedo. 

 

Texto: Catarina Buriti (Ascom do Insa)