Portal do Governo Brasileiro

Raquetes para distribuição com agricultores de São João do Cariri Raquetes para distribuição com agricultores de São João do Cariri

Trezentas famílias cadastradas receberam as variedades resistentes de palma  em Dia de Campo realizado pelo Insa 

 

Esta quinta-feira, 08 de maio, foi de celebração em um Dia de Campo organizado pelo Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), para as famílias de produtores e agricultores  cadastradas no Gabinete da Palma do Município de São João do Cariri (PB). Elas receberam 100 mil raquetes colhidas de um Campo de Pesquisa instalado naquele município, na propriedade do agricultor Eugênio Farias.

 

O Insa possui 26 Campos de Pesquisa e Multiplicação de palma distribuídos nas 13 microrregiões do estado. Ao longo deste ano serão colhidas cerca de 2 milhões e 600 mil raquetes de palma. Beneficiando diretamente mais de 5 mil pequenos agricultores. As raquetes serão entregues para agricultores e produtores cadastrados pelos Gabinetes Municipais da Palma Forrageira.

 

Serão distribuídas raquetes das três variedades de palma resistente, duas do gênero Nopalea (Palma doce ou miúda e Palma IPA Sertânea ou Baiana – Nopalea cochenillifera Salm-Dick) e uma do gênero Opuntia (Palma Orelha de Elefante Mexicana — Opuntia tuna (L.) Mill).

 

Jonas Duarte, coordenador de ação do projeto, explica que ” nesses campos, ao mesmo tempo que se desenvolvem as pesquisas agronômicas sobre estas variedades de palma o Insa estabelece o contato com o pequeno produtor que é orientado sobre como proceder o cultivo dessas variedades”.

 

Ciência e  Pesquisa-Ação nos Dias de Campo

 

Os projetos de pesquisa e de inovação tecnológica do Insa priorizam a ação junto às  comunidades  desde a formulação do projeto, para que a ciência e a tecnologia geradas possam originar resultados para a população.

 

Os Dias de Campo são realizadas no momento da entrega das raquetes resistentes da palma à praga da Cochonilha do Carmim para que o agricultor e o produtor também recebam informações técnicas sobre a melhor forma de plantio e manejo da cultura da palma forrageira.

 

Texto:  Rodeildo Clemente (Ascom do Insa)