Portal do Governo Brasileiro

Coordenadores do Evento: Jean Gama e George Vieira Coordenadores do Evento: Jean Gama e George Vieira

 

A abertura de vagas para inúmeros Minicursos e várias Oficinas em Juru (PB) contemplou cerca de 280 pessoas, entre estudantes e agricultores familiares, que receberam treinamentos técnicos em diversas áreas do conhecimento, desde  a utilização de métodos de tratamento de água até técnicas de planejamento para a gestão de propriedades rurais.

 

No dia 30 de outubro, o Núcleo de Produção Animal, gerenciado pelo pesquisador Geovergue Medeiros, e o de Produção Vegetal, coordenado pela pesquisadora Jucilene Araújo, ambos pertencentes ao Instituto Nacional do Semiárido (Insa), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), organizaram em parceria com a Escola Cidadã Integral (ECIT) Arlinda Pessoa da Silva, do munícipio de Juru (PB), concomitantemente o I AGROECIT  e a I Jornada de Minicursos com o tema Semiárido Produtivo: convivendo com a inteligência.

 

Nos dois eventos científicos programados em comemoração à 16º Semana Nacional de Ciência e Tecnologia em Juru (SNCT/PB) participaram cerca de trezentos alunos e agricultores familiares da região. As atividades foram coordenadas pelo Professor Jean Gama, Coordenador do Curso Técnico em Agronegócio  da ECIT Arlinda Pessoa e George Vieira, pesquisador do Insa.

 

Jean Gama, Coordenador do I AGROECIT, ressalta para o público que “esse foi um evento pioneiro e inovador  que demonstrou a importância de parcerias entre os setores educacionais e de pesquisa na busca do desenvolvimento sustentável do agronegócio e agricultura familiar no Semiárido, trazendo a oportunidade de contemplar dentro do mesmo ambiente de educação e treinamentos vários atores, sejam estudantes, agricultores e profissionais diversos, gerando uma série de discussões positivas para a comunidade em geral.”  Já Geovergue Medeiros, pesquisador responsável pelo Núcleo de Produção Animal do Insa, acrescenta que essas parcerias são importantes para a popularização da ciência produzida pelos diferentes núcleos de pesquisa da instituição.

 

As outras atividades propostas pelos pesquisadores do Insa para a 16º SNCT em Juru (PB) foram a apresentação da palestra "Potencialidades do Semiárido e os Principais Projetos do Instituto Nacional do Semiárido", proferida pela pesquisadora Jaqueline de Araújo, do Núcleo de Produção Vegetal.

 

Também foram oferecidos os seguintes Minicursos : 1º Utilização de forrageiras nativas e adaptadas para alimentação animal no Semiárido, ministrado pelos pesquisadores Carlos Trajano e Romildo Neves, do Núcleo de Produção Animal, 2º Ferramentas de Gestão em propriedades rurais: do campo ao computador, organizado pelos pesquisadores Severino Guilherme e Neila Ribeiro, do Núcleo de Produção Animal, 3º Galinhas de Capoeira: rusticidade, autonomia e convivência com o Semiárido, ofertado pela pesquisadora, Marilene Melo, do Núcleo de Produção Animal; 4º Tratamento de esgoto para uso na agricultura do Semiárido oferecida pela pesquisadora Emilianny Rafaely, do Núcleo de Recursos Hídricos, 5º Aplicação de água residuária tratada na produção agrícola do Semiárido, ofertado pelo pesquisador Alysson Gomes, do Núcleo de Recursos Hídricos, 6º O solo como ferramenta didática: experimentoteca de solos e oficina de geotintas, ministrada pela pesquisadora Vanessa Gomes, do Núcleo de Solos e Mineralogia, 7º Sistema de Produção da Palma Forrageira Resistente à Cochonilha do Carmim, oferecido pelo pesquisador Evaldo Felix, integrante do Núcleo de Produção Vegetal.

 

Houve ainda a apresentação da 1º Mostra Gastronômica da Culinária de Batata Doce de Juru (PB) e confraternização dos alunos, pesquisadores e professores ao som de banda de forró pé de serra.

 

Juru (PB) 

 

É um município da região do Sertão Paraibano, microrregião de Serra do Teixeira. Desmembrado de Princesa Isabel em 1961, localiza-se a 580m de altitude e em 2007, o IBGE estimou a sua população em 7.361 habitantes. Em linguagem tupi, Juru significa "ave multicores".

 

Os municípios limítrofes de Juru (PB) são Olho d'Água, Tavares, Água Branca e Solidão (PE).  A distância até a capital da Paraíba, João Pessoa, é de 398 quilômetros e  área de 403,276 km². 

 
Texto: Rodeildo Clemente 
Fotos: Pesquisadores

 

Equipe de pesquisadores Equipe de pesquisadores

 

Marilene MeloMarilene Melo

 

Alysson GomesAlysson Gomes

 

Projeto de Geotinta Projeto de Geotinta

 

Emilianny RafaelyEmilianny Rafaely

 

Carlos Trajano Carlos Trajano

 

Jaqueline Oliveira e Evaldo Félix Jaqueline Oliveira e Evaldo Félix

 

Neila RibeiroNeila Ribeiro



 



NOTÍCIAS RELACIONADAS


BOLETIM
INFORMATIVO

VÍDEOS

INSA NA
MÍDIA

EDITAIS

EVENTOS