Portal do Governo Brasileiro

8º Festa Estadual das Sementes da Paixão8º Festa Estadual das Sementes da Paixão

 

O Pesquisador da área de Combate à Desertificação, Aldrin M. Perez-Marin, representará o Insa durante evento em Soledade (PB) 

 

Com o tema “Comunidades guardiãs: protegendo a biodiversidade e garantindo alimentação saudável”, acontecerá no município de Soledade, no Cariri Paraibano, de 5 a 7 de junho, a oitava edição da “Festa Estadual das Sementes da Paixão”. A Festa, que acontece a cada dois anos, é uma iniciativa da Articulação do Semiárido Paraibano – ASA Paraíba, uma rede de organizações não governamentais, sindicatos e associações de promoção da agricultura familiar agroecológica. A ASA Paraíba integra a Articulação do Semiárido Brasileiro – ASA Brasil que está organizada também nos outros nove estados do Semiárido: Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Minas Gerais.

 

O local do evento será o Clube Recreativo de Soledade, localizado à Rua Prefeito Inácio Claudino, nº 180, Centro. A programação terá uma feira de produtos agroecológicos e sementes aberta ao público nos três dias de evento. No primeiro e segundo dias, haverá uma formação voltadas para 200 agricultores vindos das sete microrregiões onde a ASA Paraíba atua (Cariri Oriental e Ocidental, Seridó, Agreste, Curimataú, Média Sertão, Alto Sertão e Borborema).

 

No segundo dia de evento, os participantes irão se dividir em quatro oficinas simultâneas, parte delas acontecerá nas comunidades rurais da região, onde os participantes. Já no último dia de evento, 07 de junho, haverá ato público e uma caminhada pelas ruas centrais da cidade com a presença de cerca de mil pessoas.

 

A Festa Estadual tem como principais objetivos fortalecer o intercâmbio de experiências entre as famílias na gestão e conservação sementes e refletir sobre o avanço dos transgênicos no estado da Paraíba, suas ameaças para a conservação das sementes crioulas, bem como definir estratégias de enfrentamento. Outro objetivo é construir propostas para subsidiar a formulação de políticas públicas de sementes no Estado da Paraíba.

 

Sementes da Paixão

 

“Sementes da Paixão” é o termo pelo qual ficaram conhecidas na Paraíba as sementes nativas, ou crioulas, adaptadas às condições climáticas e ambientais locais. Estas sementes constituem em um patrimônio genético selecionado e preservado por famílias agricultoras há várias gerações, os “guardiões e guardiãs”. Elas são armazenadas em silos, tonéis ou garrafas pet em bancos de sementes comunitários ou familiares espalhados pelo estado como uma estratégia para se ter a semente sadia e segura no momento certo de plantar, garantindo autonomia e segurança alimentar para os agricultores. O nome veio da “paixão” que os agricultores têm pela sua semente.

 
Texto e Ilustração: Ascom da ASPTA 

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS


BOLETIM
INFORMATIVO

VÍDEOS

INSA NA
MÍDIA

EDITAIS

EVENTOS