Portal do Governo Brasileiro

A salinidade do solo nas zonas áridas e semiáridas limita a utilização da terra para a produção de alimentos. Esse problema atinge cerca de 230 milhões de hectares de terra irrigada no mundo. No Semiárido brasileiro aproximadamente 25% das áreas irrigadas apresentam altos níveis de salinidade. No âmbito da agricultura familiar, a utilização de solos degradados pela salinização não pode ser desprezada, sendo necessário o desenvolvimento de técnicas economicamente viáveis para sua remediação que permitam o seu retorno ao uso agrícola produtivo.

 

No processo de recuperação desses solos, a remoção imediata dos sais é essencial, uma vez que estes reduzem drasticamente a drenagem e, portanto, inviabilizando-os para a agricultura.

 

Foi com base nessas preocupações que pesquisadores da RED ONDACBC e PEGASUS estudaram o efeito da adição de esterco ou palha de milho, combinado ou não com gesso, na recuperação da capacidade produtiva de solos afetados por sais.

 

Os pesquisadores destacam que a incorporação de 15 e 30 toneladas por hectare da palha de milho teve melhor efeito em relação ao gesso, aumentando tanto taxa de infiltração da água, quanto a lixiviação dos sais. Nos solos que receberam 15 toneladas por hectare de esterco, o crescimento das plantas de milho foi maior do que nos solos que receberam gesso, porém o esterco diminui a infiltração de água no solo, o que afetou a eficiência na lavagem dos sais.

 

Em sínteses, os pesquisadores destacam que, os resultados deste estudo indicam que a aplicação e os insumos orgânicos melhoram as condições físicas do solo afetados por sais, reduzindo à salinidade dos mesmos, e a necessidade de aquisição de gesso pelos agricultores. Agricultores que desejem acelerar o processo recuperação de solos afetados por sais, os pesquisadores recomenda o uso combinado de gesso com resíduos orgânicos (palha de milho e esterco).

 

Confira resultados no artigo.

 

Texto: Aldrin M. Perez-Marin e Daniel Magalhães

Núcleo de desertificação e Agroecologia



NOTÍCIAS RELACIONADAS


BOLETIM
INFORMATIVO

VÍDEOS

INSA NA
MÍDIA

EDITAIS

EVENTOS