Portal do Governo Brasileiro

Participantes do cursoParticipantes do curso

O manejo e a recuperação de áreas degradadas, tem sido uma preocupação de pesquisadores tanto da área de solos como de outras ciências que se dedicam a pesquisar a relação do ser humano com a natureza,  sobretudo nas regiões áridas e semiáridas do mundo.   

 

Foi com essa preocupação que o Instituto Nacional do Semiárido (Insa/MCTIC), através da articulação entre o Núcleo de Pesquisa em Desertificação e Agroecologia em Terras secas e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Campus Areia e a Embrapa Solos, Recife (PE), realizaram no período de 11 a 15 de junho de 2018, o Curso Monólitos de Solos: Uma ferramenta didática para o ensino e pesquisa em manejo e recuperação de áreas degradadas.

 

O curso tratou sobre a temática da desertificação no Semiárido brasileiro, e as estratégias para seu enfrentamento. Após esses momentos foram abordados os processos de seleção, coleta e preparo (etapas de impregnação, desbaste e cura) de monólitos de solos em tamanho natural, visando à construção de uma coleção científica para o manejo sustentável dos solos no Semiárido.

 

Entre os participantes estiveram, estudantes de graduação, pós-graduação e professores de universidades estaduais, federais e institutos federais que atuam na região semiárida do Brasil. Além dos pesquisadores do Insa Aldrin M. Perez-Marin (Pesquisador do núcleo de desertificação e agroecologia), Alysson Gomes de Lima e Vanessa dos Santos Gomes (pesquisadores do Núcleo de Recursos Hídricos) Jaqueline Oliveira (Pesquisadora do Núcleo de Produção vegetal e Popularização da Ciência), Roseilton Fernandes dos Santos (Universidade Federal de Campina Grande - UFCG), e os pesquisadores Flavio Adriano Marques e Jose Fernando Wanderley Lima da Embrapa Solos Recife (PE).

 

 

 

 

Texto e Fotos: Aldrin M. Perez-Marin

(Núcleo de Desertificação e Agroecologia Insa)

Edição: Renally Amorim (Ascom do Insa)



NOTÍCIAS RELACIONADAS


BOLETIM
INFORMATIVO

VÍDEOS

INSA NA
MÍDIA

EDITAIS

EVENTOS